Desexiliarme [en Abya Yala]

Eu já nasci no exílio.

 

Desterritorializada, deshistorializada,

sem comunidade, sem língua da terra,

sem mito, quase sem raiz.

 

Mas a raiz é tinhosa. Segue ali.

Aqui.

 

E talvez seja

isso que faça

que toda terra

qualquer terra

qualquer paisagem

 

seja

um pouco

minha mãe.

 

[Mas principalmente nesse

grande continente

de sangue vital

onde a vida

pulsa.]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*